24
Fev 11

Olhos verdes olharam para aquele à sua frente, surpresa óbvia neles. O queixo quase chegava ao chão e ela fitou-o sem palavras, o cérebro dela ainda a tentar registar a pergunta, afirmação dele.

"O... o quê?" conseguiu, por fim, perguntar.

Ele tirou os olhos do chão, fechando-os, respirou fundo e olhou para os olhos dela. "Gosto de ti. Muito." e as bochechas ficaram vermelhas "N-não muda nada se não quiseres quer dizer isto é confuso e, bem, tipo, olha esquece foi es-" o discurso foi interrompido quando ele sentiu lábios contra os seus. Ele pestanejou surpreendido e separaram-se. Agora era ele quem a olhava embasbacado.

"Irra, se te calasses por um segundo entendias que também gosto de ti. Porque raio demoraste tanto tempo?!"

O rapaz piscou os olhos e encolheu os ombros "Nunca ouviste dizer que quanto maior a espera melhor a recompensa?" um sorriso enfeitou-lhe a face.

"Gosto mais das coisas na hora... e tira-me esse sorriso daí!" e beijou-o. Mesmo no meio do beijo ela sentiu que o sorriso nunca desaparecera completamente.

 

----

Hey, o título disse que era estúpido.

publicado por Ace às 23:01
tags: ,

Parece-me que há algo verídico aqui ;P
PaperLife a 25 de Fevereiro de 2011 às 09:50

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

14
16
17
18
19

20
21
22
23
26

27
28


arquivos
2011

2010

pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

favoritos

O Parque