04
Fev 11

Entre a terra e o mar

Vou-te esperar

Aqui à beira-mar

Estando ao luar

 

Espero por ti

A navegar

Pelas montanhas

Vou cantar

 

Cantar para as flores

Que desabrocharam

Com muito amor

Elas também cantaram

 

Para mim

E para ti

Ouve-me, por favor,

Não fiques calado,

Meu amor!

 

O barco está molhado

Sem o teu calor

Fiquei frágil

Como uma flor...

 

Não sei o que pensar

E não sei o que fazer

E por ti vou esperar

E não vou morrer

 

De Noite já é

E aqui eu estou

À tua espera

Ficar, eu vou!

 

Chega depressa

Que não páro de sonhar

Aqui no barco

Que está a navegar

 

Mas à tua espera

Vou ficar

Até... tu chegares.

 

-------

 

Estive a ver os meus antigos textos e encontrei os meus primeiros poemas. Escrevi isto no sexto ano, depois de ver um filme (não me lembro qual) e decidi postá-lo X3

publicado por Ace às 21:22

comentários:
Oh, tão giro *-*
Andrusca ღ a 4 de Fevereiro de 2011 às 21:37

Thank you -hugs you-
Ace a 4 de Fevereiro de 2011 às 21:52

Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

14
16
17
18
19

20
21
22
23
26

27
28


arquivos
2011

2010

pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

favoritos

O Parque